mais informações
0800 819 9999
Idiomas:
13/maio

Filme com Pipoca

RTEmagicC_gptw01_01.jpg

(Foto: Robson Mendes/Correio*)

Projetos culturais estão presentes na gestão de RH da AuraBrasil

Com uma vida cada vez mais corrida, com direito a mais tempo nos engarrafamentos e horas extras no trabalho, as pessoas estão deixando a desejar quando o assunto é consumir cultura. Acompanhar os lançamentos do cinema hoje, por exemplo, é para quem tem uma vida um tanto organizada e tempo de sobra disponível. Pensando nesse corre-corre típico dos profissionais do século XXI, e em uma forma extra de integrar os seus funcionários, a empresa baiana de locação de máquinas e equipamentos AuraBrasil implantou o CineClube na sua matriz, que fica em Águas Claras, às margens da BR-324.

Prestes a completar três anos, a AuraBrasil, que integra o grupo baiano LM, com mais de 35 anos de história e detentor da LM Frotas, Bravo Caminhões e Santo Antonio Patrimonial – , disponibiliza aos seus colaboradores, todas as terças-feiras, um filme com duração de até 20 minutos. “São curtas nacionais exibidos na hora do almoço, mas com direito a pipoca e tudo. Após a exibição, estimulamos um debate sobre o tema do filme”, informa o diretor corporativo do Grupo, André Passos. Ele explica que, apesar de cada organização ter sua estrutura própria (CNPJ e gestores diferentes), há uma cesta de valores e crenças comuns a todas elas. “independentemente de onde surgiram, as boas práticas de gestão são realizadas em todas as empresas”, enfatiza a coordenadora de desenvolvimento de pessoas do Grupo LM, Liane Quiintella.

Na AuraBrasil há três anos, o administrador Mario Trippo, de 33 anos, é uma das presenças confirmadas no CineClube das terças-feiras. “Sempre que posso, assisto. Além de quebrar um pouco aquela rotina de trabalho, a participação é uma forma da gente expor nossas ideias, já que após o filme sempre rola um debate”, avalia ele, informando que a presença não é obrigatória. Ele, que hoje exerce a função de gerente regional do Nordeste, conta que admira o cuidado e respeito com o qual a empresa tem com todos os seus funcionários. “Aqui [ na empresa ] eu sou o Mário, não sou apenas um número. Eles nos dão a oportunidade de crescimento. Eu sou a prova viva disso. Também confiam nas pessoas. Tudo isso é muito gratificante e motivador”, destaca.

DNA – Para André Passos, esse retorno positivo, que deu a AuraBrasil o terceiro lugar na lista GPTW – Bahia 2014, é resultado, principalmente, da filosofia do sócio fundador do Grupo, Luiz Mendonça, que, segundo ele, é uma pessoa muito atenta às questões humanas dentro da empresa. “Ele faz questão que as pessoas sejam felizes dentro da companhia. Isso é tão forte que ele usa muito o termo felicidade”. Ainda no campo cultural, a AuraBrasil, assim como as outras empresas do Grupo LM, disponibiliza aulas de teatro, canto e dança, todas a custo zero para todos os empregados. A coordenadora de desenvolvimento de pessoas da empresa, Liane Quintella, explica que, no Projeto Cultural, os participantes passam o ano ensaiando para uma apresentação, que acontece em dezembro, para todos os empregados do Grupo.

“Além de incentivar a cultura, essa iniciativa ajuda a trabalhar algumas competências que, muitas vezes, precisaram de um ano em sala para serem desenvolvidas”, pondera Liane. Ela destaca ainda outra prática na área cultural: o projeto 100×100, que ajuda a difundir a arte conjunta dos artistas, conhecidos por obras inesquecíveis e singular atuação nas áreas de literatura e artes plásticas. Na sua quarta edição, o projeto já contou com a exposição fotográfica Cairu – Cidade do Sol, de Rui Rezende; o conto Iaba, com Carybé ilustrando Jorge Amado; o livro Semiótica, do artista plástico Bel Borba; e o álbum de gravuras Aos Olhos de Caymmi. “É um resgate que as pessoas precisam conhecer. A gente está estimulando as pessoas a consumirem cultura”, reforça a coordenadora de desenvolvimento de pessoas.

Fonte: Jornal Correio da Bahia | Repórter: Graciela Alvarez

Compartilhe
Compartilhe